12 livros para 2015

| |

Ano novo, vida nova, livros novos. 2014 não foi meu melhor ano de leituras. Mas 2015 chegou, e já separei uma lista de 12 livros – um para cada mês – obrigatórios para esse ano. A maioria dos livros eu já possuo, o que é um incentivo para não deixá-los parados na estante por mais tempo, hehe.

1. O incolor Tsukuru Tazaki e seus anos de peregrinação

Haruki Murakami

Com certeza o primeiro livro desta lista que pretendo ler em 2015. Sou uma grande fã da maneira como os japoneses contam histórias, sempre repletas de metáforas belíssimas. Segundo o próprio Murakami, o objetivo da narrativa é retratar algo invisível e profundo dentro de cada um e ajudar a criar um espaço em que as pessoas possam sentir compaixão e se identificar umas com as outras. Interessante, não? Me parece uma ótima leitura para começar o ano.


2. O iluminado

Stephen King

Novembro de 63 foi o melhor livro que li em 2014 e também o primeiro livro do Stephen King que eu li. Desde então, quis muito ler outros livros dele. Ganhei O iluminado de presente no meu último aniversário e estou ansiosa para conhecer a história “real”, já que é sabido que o autor não aprovou a versão cinematográfica do Kubrick.


3. Stephen King: a biografia

Lisa Rogak

Aproveitando o gancho de O iluminado, outra leitura obrigatória esse ano será a biografia do tio Stephen. Eu adoro saber sobre a vida de pessoas que admiro, pois suas histórias sempre são repletas de ensinamentos.


4. O mágico de Oz

Frank L. Baum

Eu tenho a coleção completa dos livros de Frank L. Baum e sinto que todas as noites ela me amaldiçoa do alto da estante por deixá-la ali comendo poeira. É uma história com linguagem simplificada e bonitas e simples mensagens sobre a vida (li um pedaço do primeiro livro). Perfeitos para ler entre leituras mais densas.


5. A bússola de ouro

Philip Pullman

Não conheço uma pessoa que tenha lido esse livro (que faz parte de uma trilogia) que não seja apaixonada pela história. Com tantas recomendações, não poderia deixar de conhecer, principalmente por ser fã dos gêneros de ficção e aventura.


6. O Silmarillion

J.R.R. Tolkien

O Silmarillion está para os fãs de Tolkien assim como um livro sagrado está para sua religião. Logo, precisa ser lido, estudado e interpretado diversas vezes ao longo da vida. Quero reler O Silmarillion para relembrar as histórias e fazer anotações. A propósito, aproveito este espaço para deixar meu pedido: a Martins Fontes bem que podia lançar lançar edições especiais das obras do Tolkien, com uma diagramação mais bonita, que deixe a experiência de leitura mais agradável.


7. O livro do cemitério

Neil Gaiman

Outro autor que, assim como o Stephen King, li o primeiro livro em 2014 e me apaixonei. O livro do cemitério é, provavelmente, um dos livros mais famosos do autor. Inclusive, estou de olho em uma edição ilustrada que vi por aí…


8. Ensaio sobre a cegueira

José Saramago

Quando assisti ao filme, há muitos anos atrás, saí do cinema com um nó na garganta, e assim fiquei pelos dias seguintes. Até hoje fico reflexiva quando penso na história e até que ponto pode chegar nossa odiosa natureza humana. Tenho certeza que vou adorar e quero ler principalmente pela narrativa única do autor.


9. Orgulho e preconceito

Jane Austen

Todos os livros da Jane Austen são clássicos, mas Orgulho e preconceito é o clássico dos clássicos. Em outras palavras, é uma obra que fico envergonhada por não ter lido ainda. Gosto da maneira como a autora utiliza frases repletas de adjetivos. Enriquece a história e o nosso vocabulário!


10. Coração de tinta

Cornelia Funke

Outra obra que os amantes do gênero de fantasia sempre recomendam. Confesso não saber muito sobre a história, mas as indicações de pessoas com o gosto literário parecido com o meu e a capa maravilhosa foram suficientes para despertar meu interesse.


11. Suicidas

Raphael Montes

Desde que terminei a leitura de Dias perfeitos, não vejo a hora de ler Suicidas! Eu simplesmente não conseguia desgrudar do livro, e ficava refletindo o tempo inteiro sobre o comportamento do protagonista. Raphael Montes é um talento e tanto em se tratando de livros policiais. Estou muito, muito, muito ansiosa para ler!


12. Zumbis x Unicórnios

Holly Black e Justine Larbalestier

Por último, mas não menos importante. Tenho esse livro desde 2013 e até hoje não concluí sua leitura. Apesar de ser apaixonada por unicórnios e histórias com zumbis, alguns contos desse livro são um pouco monótonos e não conseguem te envolver na atmosfera da história de maneira eficiente. Quando pegar para ler, vou começar novamente pelos primeiros contos. De qualquer maneira, a capa do livro é incrível e uma das mais legais que já vi.


Prometo fazer a resenha de todos os livros desta lista ao longo do ano. Estou animada, pois terei mais tempo para escrever aqui no blog, que é algo que gosto muito. E vocês, que livros pretendem ler em 2015? Espero que o ano de vocês seja repleto de coisas boas, que vocês estejam sempre próximos das pessoas que amam e que estejam sempre cercados de livros.

Boas leituras!

Anterior

Tu não te moves de ti, Hilda Hilst

Vida Organizada, de Thais Godinho

Próximo