João e Maria, de Neil Gaiman

| |

João e Maria

Ficha técnica do livro João e Maria

Título: João e Maria

Autor: Neil Gaiman

Tradução: Andrea Gottlieb

Editora: Editora Intrínseca

Ano: 2015 –  1ª edição (13 setembro 2015)

Gênero: Literatura e Ficção

Páginas: 56



Resenha do livro João e Maria

Duvido alguém ter passado pela infância sem ouvir a história de João e Maria pelo menos uma vez. O conto de dois irmãos que são abandonados na floresta e encontram uma casa feita de doces é um clássico dos irmãos Grimm, e foi recontado por diversos autores ao longo dos anos. Resolvi pedir essa edição para a Intrínseca pois sou uma grande fã do Neil Gaiman, e fiquei curiosa para conhecer sua releitura.

Neil Gaiman decidiu reescrever João e Maria após ver uma exposição do artista Lorenzo Mattotti inspirada na obra dos Grimm. Essas mesmas ilustrações estão inseridas ao longo do livro. O traço direto de Mattotti e a escolha de utilizar somente a cor preta sobre papel branco reforçam a atmosfera de medo e angústia da história (nesse vídeo vocês podem saber mais sobre o processo criativo do artista). Afinal, que criança não morreu de medo com João e Maria?

O professor Mário Feijó, que ministra uma cadeira sobre Gaiman na UFRJ (o quão legal seria estudar isso na faculdade?), em uma excelente resenha de João e Maria, escreveu sobre o verdadeiro medo infantil ser o abandono, pois nessa época não entendemos o conceito de morte. Não poderia concordar mais. A bruxa má é assustadora, mas é ainda mais assustador saber que ninguém vai resgatar os irmãos, ou sequer se importa com o fato da bruxa má querer cozinhá-los. Isso me fez compreender o motivo pelo qual, quando criança, achava João e Maria tão perturbador.

E se agora você está pensando que tudo isso é muito horrível e que jamais contará esse tipo de história para seus filhos, talvez Neil Gaiman te convença a voltar atrás. Em uma entrevista sobre o livro, ele falou sobre a importância de contar histórias sombrias para as crianças, não para assustar, mas para ensiná-las que podem superar até os tempos mais difíceis. Nas palavras do próprio Gaiman: se você for protegido de coisas obscuras, não terá nenhuma defesa ou qualquer entendimento sobre elas quando elas aparecerem.

Ao reescrever João e Maria, Neil Gaiman optou por manter-se fiel ao conto original, sem grandes alterações em relação ao que já está gravado no imaginário popular em relação à história. A edição da Intrínseca está maravilhosa, com capa dura e papel de alta gramatura, valorizando as ilustrações de Lorenzo Mattotti. Perfeito para os colecionadores de Gaiman e para presentear crianças e adultos. Boas leituras assustadoras!

Como vocês devem ter percebido, a qualidade das fotos dessa resenha aumentou exponencialmente, se comparada às anteriores. Todos os créditos e agradecimentos vão para minha amiga Júlia Leão, que possui um canal no YouTube com vídeo novo todas às sextas.

Adquirindo seu exemplar por este link, você ajuda o Chovendo Livros a crescer!


Anterior

A emocionante jornada do árabe do futuro, de Riad Satouff

5 personagens mais aterrorizantes da literatura

Próximo