Uma Dobra no Tempo, Madeleine Engle

| |

Uma Dobra no Tempo

Ficha técnica do livro Uma Dobra no Tempo

Título: Uma Dobra no Tempo

Autora: Madeleine Engle

Tradutor:  Érico Assis

Editora: Darkside

Ano: 2018 – 1ª edição (26 março 2018)

Gênero: HQs, Mangás e Graphic Novels

Páginas: 378



Resenha do livro Uma Dobra no Tempo

Já há algum tempo que o Darkside Books tem vindo a investir em outros segmentos da publicação literária, uma dessas novas apostas da Caveirinha são Graphic Novels e meu primeiro contato com o selo não poderia ter dado mais certo.

Uma Dobra no tempo, trabalho publicado há mais de 50 anos por Madeleine L Engl, ganhou uma nova aparência, em que os traços do ilustrador e cartunista Hope Larson, conhecido por seu trabalho na DC Comics em histórias da Batgirl.

Esta oportunidade de entrar em contato com uma história que já cativou muitos leitores ao longo das décadas, tem sido uma experiência de leitura muito quente de embarque. A HQ de frente para as crianças e jovens, é capaz de encantar leitores de todas as idades que gostam de uma boa aventura pelo universo na companhia de personagens carismáticos e muito bem construído.

Uma Dobra no Tempo tem seu ponto de partida em uma noite de tempestade, quando o misterioso e peculiar a Sra. Quequeé faz uma visita à casa de Meg e Charles Wallace, cujo pai, um físico respeitado, já está desaparecido há dois anos.

A partir do contato com a Sra. Quequeé, a Sra. E que a Sra. Que, seres da natureza, o céu, as crianças vêem a oportunidade para embarcar em uma aventura através do espaço-tempo, a fim de resgatar o pai, pois este, além de contar um com o outro, os irmãos também recebe a ajuda de Calvin, que irá demonstrar ao longo dessa jornada extraordinária, para ser uma companheira fiel.

Uma Dobra no Tempo nos leva para um mundo fascinante. Nós sentimos que viajam através do desconhecido, lidando com criaturas tão diferentes e, ao mesmo tempo, tão atraente, que estamos presos pela curiosidade de conhecer e participar de cada detalhe deste mundo.

As aventuras de Meg, Charles e Calvino que começa como uma missão de resgate, logo vai tomando proporções muito maiores, expondo as crianças a um mal que está expandindo o universo, ameaçando vários planetas de dimensões diferentes.

Não tive nenhuma dificuldade em me ligado para os personagens, geralmente consigo ligar-me muito rapidamente os protagonistas da criança, no entanto, devo reconhecer o mérito do trabalho para priorizar esse aspecto que eu considero tão importante.

Meg está longe de ser uma garota perfeita, no entanto, são essas aparentes limitações, responsável por colocá-la em situações desconfortáveis, que em algum ponto, eles vão se tornar seus maiores virtudes.

jornada de auto-descoberta, pelo qual o personagem passa é um dos pontos mais fortes da HQ, além de lições de amizade e de amor. Os aspectos científicos da trama são bastante interessantes, e é misturado com algumas citações bíblicas, mensagens, estes, apresentados aos personagens em forma de conselho, enigmático. Por estes aspectos, o trabalho de Madeleine L’Engl é considerado por alguns um livro de Ficção científica Cristã.

Boas leituras!

Adquirindo seu exemplar por este link, você ajuda o Chovendo Livros a crescer!


Anterior

A Espuma dos Dias, Boris Vian

A Torre do Terror, Jennifer McMahon

Próximo